Posts com Tag ‘Cores’

É inegável que as cores influenciam as pessoas a gostar de algo ou não, principalmente se for analisar o ambiente e textura. A psicologia das cores é estudada e utilizada em tudo que vemos, seja para nos acalmar ou para induzir a gente a consumir alguma coisa. No cinema não é diferente, as cores que vemos em cena serve para nos induzir sensações seja ela de tristeza ou alegria se tornando assim uma fonte narrativa visual muito poderosa e esse poder que as cores tem há muito tempo já foi percebido e os cineastas a utilizam ao máximo.

A história da utilização das cores no cinema já é algo centenário podemos assim dizer embora o primeiro filme totalmente colorido profissionalmente e bem sucedido só foi lançado em 1935, mas foi no inicio do século passado que a história das cores começou com o inventor Edward Raymond, a onde ele patenteou sua ideia em 1899, porém não pode desenvolver muito seu método já que logo depois dos primeiros testes em 1902 ele morreu de um ataque cardíaco. Sua ideia foi perdida no tempo, a questão de comunicação na época ainda era precária não tendo assim ninguém para evoluir sua nova criação, foi só em 2012 que foi descoberto que o sistema de cores começou a ser evoluído há cerca de 110 anos atrás.

 

 

becky Com a criação de Raymond perdida no tempo, a indústria cinematográfica tentou evoluir as condições visuais dos seus filmes de inicio com a tecnologia Technicolor em 1906, porém esse sistema na época foi decepcionante, mas apesar do fracasso a Technicolor no inicio do século, não foi o suficiente para que eles desistissem da ideia de dar mais vida ao cinema e em 1933 a Technicolor lança um novo sistema de tri cores utilizada pela primeira vez no filme Vaidade e Beleza de 1935. Dessa vez o sistema foi bem aceito e a partir de 1950 praticamente todos os filmes eram coloridos, ficando relegado o preto e branco a filmes de baixa renda.

No final da segunda guerra mundial a indústria cinematográfica ganhou um concorrente de peso que foi a televisão, isso fez com que a indústria cinematográfica se movimentasse e eles investiram cada vez mais na qualidade dos filmes, como a qualidade sonora, visual, no tamanho das imagens, criação de novas películas para que as produções cinematográficas pudessem atingir uma gama maior de cores, foram criadas câmeras de maior qualidade e mais leve no qual facilitava a captura. Filmes de gênero musical se destacavam como desde o surgimento do som no cinema, por apresentarem um movimento que misturava cores, coreografia e som. As atrizes Maria Montez e Carmen Miranda se destacaram por abusarem das cores fortes e vivas em suas aparições. O uso de cores, porém, não se restringiu apenas aos filmes.

Aproveitando o sucesso das cores à indústria de cosmético ganha força e começa a utilizar a imagem dos populares atores que antes eram em p&b e agora são coloridos, um grande exemplo disso é a empresa Wella que lança o Koleston, o primeiro creme colorante do mundo.

O tempo passou e a qualidade cinematográfica seja ela sonora ou visual evoluíram muito e encantam a qualquer um, pensar em fazer um filme como Avatar com todo seu jogo de cores e efeitos especiais e 3D na metade do século passado seria meio utópico, porém evoluímos muito em todos os aspectos (menos o humano) e criamos cada vez mais obras de artes incríveis.

O 3D citado também evoluiu hoje se tornou popular, porém a tecnologia 3D ao contrario do que muitos pensam não é nova ela é muito mais antiga do que se imagina, o primeiro teste da tecnologia 3D aconteceu em 1915, mas foi só na década de 50 que a tecnologia ainda precária incomparável com a de hoje em dia ganhou seu espaço com o filme Bwana Devil (1952) e décadas depois temos o consagrado Avatar (2009) de James Cameron (o diretor dos bilhões) e a partir dai a explosão da utilização da tecnologia 3D. A evolução cinematográfica chegou à época computacional e ai surgiu um novo jeito de se fazer filmes de animação gráfica, a onde em 1995 graças a Steve Jobs foi criado Toy Story o primeiro filme 100% feito em computador, filme esse que acompanhou a vida de muita gente e emocionou milhares de pessoas em seu ultimo filme.
avatar

Curiosidades:

  • Primeiro filme brasileiro com cores foi Destino em apuros (1953)
  • Technicolor é a segunda maior empresa de coloração cinematografica do mundo atrás apenas da britânica Kinemacolor.
  • Century Fox criou tecnologia própria para seus filmes que utilizava lentes anamórficas que utilizada de 1953 a 1967 essa tecnologia se chamava CinemaScope.

Paulo Lima

Veja Também:

Anúncios

Amor Profundo

amor
Dirigido por Terence Davies
Com Rachel Weisz, Tom Hiddleston, Simon Russell Beale
Gênero Drama , Romance
Na década de 1950, Hester Collyer (Rachel Weisz) é a jovem esposa de um importante juiz do Estado, Sir William Collyer (Simon Russell Beale). Envolvida em um casamento afetuoso, mas sem contato sexual, Hester inicia uma relação fulgurosa com um piloto aéreo (Tom Hiddleston) perturbado por suas experiências durante a guerra.

Quando a relação entre os dois é descoberta, Hester decide cometer suicídio. Mas quando os planos falham, ela começa a questionar as escolhas que fez em sua vida.

Amorosa Soledad

amorosa
Dirigido por Martin Carranza, Victoria Galardi
Com Inés Efron, Ricardo Darin
Gênero Comédia dramática , Romance
Soledad (Inés Efron) é uma jovem que terminou há pouco tempo com Nicolás (Nicolás Pauls), seu namorado. Morando sozinha e trabalhando em uma loja de decoração, ela resolve que ficará uns três anos sem qualquer tipo de relacionamento. Até que, um dia, conhece por acaso Nicolás (Fabián Vena), que se interessa por ela.

Beije-me Outra Vez

beije
Dirigido por Gabriele Muccino
Com Stefano Accorsi, Vittoria Puccini, Pierfrancesco Favino
Gênero Comédia dramática , Drama , Romance
Após dez anos, Carlo (Stefano Accorsi) reencontra alguns de seus grandes amigos. Juntos, eles conversam e relembram das histórias antigas. Ele reencontra Giulia (Vittoria Puccini), que assim como ele está passando por um processo de fim de relacionamento. Giulia está se separando de Simon (Adriano Giannini), após 3 anos e Carlo de Anna, uma jovem de 25 anos. Enquanto isso, Paolo (Claudio Santamaria), deprimido e viciado em tranquilizantes, começou a se envolver com Lívia (Sabrina Impacciatore), a esposa de Adriano (Giorgio Pasotti), após cumprir uma longa pena por tráfico de drogas. Marco (Pierfrancesco Favino), aparentemente feliz e casado com Veronica (Daniela Piazza), esconde uma profunda crise agravada pela espera em vão por um filho.

Cores

cores
Dirigido por Francisco Garcia
Com Acauã Sol, Simone Iliescu, Pedro di Pietro
Gênero Drama
Na cidade de São Paulo, três jovens vivem histórias de amor e tristeza na metrópole: Luiz passa o dia entre pequenos empregos que ele consegue com sua moto e o trabalho em uma drogaria; sua namorada, Luara, mora em frente ao aeroporto e ganha a vida em uma loja de peixes ornamentais, enquanto sonha em viajar ao exterior, e Luca é um tatuador que mora com sua avó.

Elena

helena
Dirigido por Petra Costa
Com Petra Costa
Gênero Documentário
Ao viajar para Nova York, Elena segue o sonho de se tornar atriz de cinema e deixa no Brasil uma infância vivida na clandestinidade, devido à ditadura militar implantada no país, e também a irmã mais nova, Petra, de apenas sete anos. Duas décadas depois, Petra, já atriz, embarca para Nova York atrás da irmã. Em sua busca Petra apenas tem algumas pistas, como cartas, diários e filmes caseiros. Ela acaba percorrendo os passos da irmã até encontrá-la em um lugar inesperado.

O Que Se Move

oquesemove
Dirigido por Caetano Gotardo
Com Wandré Gouveia, Rômulo Braga, Henrique Schafer
Gênero Drama
Três famílias distintas estão tendo que lidar com a chegada – ou perda – de um filho, fato que causa uma mudança muito significante em suas rotinas. Cada núcleo irá lidar com as dores e alegrias à sua própria maneira, mas o amor sempre irá falar mais alto através da figura da mãe, mesmo que isso se expresse nas pequenas coisas do dia-a-dia.

O Que Traz Boas Novas

oquetrazboasnovas
Dirigido por Philippe Falardeau
Com Mohamed Fellag, Sophie Nélisse, Émilien Néron mais
Gênero Comédia dramática
Quando a professora de uma escola primária sofre uma morte trágica, o substituto escolhido é Bachir Lazhar, um imigrante argelino. Enquanto as crianças passam por um longo processo de luto, ninguém suspeita do passado doloroso do professor, ou do grande risco que Lazhar seja deportado a qualquer momento.

O Último Exorcismo: Parte II

exorcismo II
Dirigido por Ed Gass-Donnelly
Com Ashley Bell, Julia Garner, Spencer Treat Clark mais
Gênero Terror
Após escapar do ritual realizado por um culto, que desejava que ela desse a luz a um filho demoníaco, a jovem Nell Sweetzer (Ashley Bell) é encontrada suja e completamente aterrorizada na floresta. Apesar de ser examinada por uma equipe médica, Nell não se lembra bem do que lhe aconteceu. Ela decide se mudar para a pequena cidade de Davreaux, onde tenta recomeçar a vida. Entretanto, não demora muito para que o demônio volte a atormentá-la, desta vez com novos planos.

Uma Ladra Sem Limites

uma ladra
Dirigido por Seth Gordon
Com Melissa McCarthy, Jason Bateman, Amanda Peet
Gênero Comédia
Sandy Patterson (Jason Bateman) levava uma vida tranquila até receber a ligação de um spa na Flórida, pedindo para que confirme seu nome e endereço. Logo ele descobre que seu cartão de crédito foi parar nas mãos de uma picareta profissional, Diana (Melissa McCarthy), que tem gasto tudo o que pode na conta dele. Desesperado, Sandy deixa a esposa e os filhos e parte atrás de Diana, disposto a levá-la até a justiça do Colorado. O problema é que ele não é o único que está atrás dela.