Arquivo de abril, 2013

Historia e evolucao do cinema-Cartaz

 

O gênesis do cinema muitos já devem conhecer com o primeiro filme dos irmãos Lumière chamado “A chegada do trem” (1896), a onde as pessoas se assustaram com a movimentação do trem na tela e saíram correndo por acharem que seriam atropeladas.

Ali era iniciada uma nova forma de arte que acabou por conquistar e encantar o mundo com toda sua magia. O cinema acabou sendo assim o precursor da globalização a onde através dele se descobria e se redescobria diversas culturas, ampliava o conhecimento das pessoas para com os outros povos, níveis sociais e movimentos religiosos.  A sétima arte assim foi derrubando barreiras e alcançando níveis jamais esperados, se tornando então um meio de comunicação em massa que nunca mais parou de crescer e que tem como sua sede e símbolo mundial Hollywood a onde se encontra hoje as maiores produtoras do cinema mundial os melhores atores e atrizes. Hollywood é a onde a magia acontece, onde ideias se transformam em arte, livros ganham vida e encantam mundo a fora.

O cinema que hoje tem um pouco mais de 117 anos sofreu muitas evoluções no decorrer do tempo, a sétima arte já foi muda, ganhou mais vida ao ter som, ficou mais bela ao ter cor, passou por evoluções na forma de se ver e fazer filmes se tornando uma indústria multibilionária, mas apesar de o cinema ter ido além de uma simples arte e ter sofrido tantas mudanças com o tempo, às películas continuam conseguindo fazer as pessoas rirem, chorarem, se emocionarem, sonharem.

A arte continua viva e em constante produção e evolução que sempre ira impressionar as pessoas com sua forma de narrar uma história, a atuação de um ator ou atriz, pelo conjunto da obra, há também aqueles filmes clássicos que não tem grande aparato tecnológico, mas que serão para sempre lembrados como símbolo de uma arte inigualável.

Nas próximas semanas falarei um pouco mais há fundo da contribuição que cada filme trouxe para a evolução do cinema.

Paulo Lima

Para ver mais informações de cinema, curta nosso facebook ;-D

Anúncios

Homem-de-Ferro-3-poster-620x620

Vamos lá então né, o que dizer sobre a tão esperada estreia de o Homem de Ferro 3… Claro que não dá para falar que foi o máximo, que com certeza foi o melhor filme de 2013, porque não será!
Também não seria justo dizer que o filme foi ruim, não foi, foi bom, mas a Marvel ficou devendo… :-/

Algumas partes do filme são verdadeiras pinturas, como uma cena que Tony faz a armadura explodir no vilão e o capacete cai entre chamas perto dele, ficou realmente legal. Ou uma cena que o herói salva onze pessoas que caíram de um voo  também é muito boa e engraçada.

Mas algumas cenas do filme não encaixam, deixando um baita ponto de interrogação na cabeça dos fãs. A impressão que dá é que a Marvel queria fazer alguma coisa, mas não sabia o que … E inventou uma história, mas não emplacou, achou uns vilões mornos (sem piada :-P), que não empolgam, e um Tony Stark tão fora da arrogância normal que tirando as piadas clássicas também foi meio sem graça. E para encerrar minhas insatisfações, várias mudanças na história em relação ao personagem, que não quero abordar aqui porque podem estragar o filme para quem ainda não assistiu, mas a Marvel não curte ser fiel e isso deixa os fãs putos… Se a intenção da Marvel era acabar com a história individual do Homem de Ferro, fica a dúvida de como ela vai resolver com o Avengers 2 com essas mudanças. Enfim, resta-nos aguardar.

No geral o filme é bom, no dia que fui no cinema, estava com as expectativas tão elevadas que saí dizendo que era um filme passa-tempo, aquele que você assiste só quando está zapeando a TV, mas depois fiz uma análise e agora acho que ele é um bom filme, mas que fica muito aquém dos dois primeiros, fazer o quê né… A Marvel já fez isso antes (X-man, Homem Aranha), era querer demais que ela acertasse dessa vez.

E que venha agora o Thor e Capitão América 2, pelo menos ainda é o 2…rsrsrs… Dá para confiar!

UAndre

Vocês podem encontrar mais informações como sinopse e trailer no site do nosso parceiro, o Adoro Cinema.
Você já conhece nosso Top 5 ? 😉

Fala ae Cinéfilos,

Sexta-feira é o dia do nosso Top 5, e o tema que escolhemos para nosso ranking semanal de filmes é, Drogas… Geralmente filmes chocantes e sempre com mensagens bem explícitas de como se cai na cilada dos tóxicos, Não se esqueçam que é só clicar sobre a foto para assistir ao trailer do filme =D

A lista que trazemos para vocês é:

1 – Réquiem para um Sonho
Imagem

2 – Scarface 

Imagem

3 – Eu, Christiane F., 13 Anos, Drogada e Prostituída

Imagem

4 – Medo e Delírio

Imagem

5 – Diário de um Adolescente

Imagem

É isso ai galera, esperamos que vocês gostem da lista, comentem se vocês concordarem, se não concordarem, se gostaram e se ainda não assistiram a algum filme, bom divertimento, para ver mais informações de cinema, curte nosso facebook ;-D

 

Veja Também:

Fala Galera,

Até que enfim tá chegando o final da semana, e a gente vai poder curtir o tão aguardado Homem de Ferro 3… e ele vem acompanhado por uma porrada de filmes legais para vocês curtirem no fim-de-semana. Então vamos a lista:

Homem de Ferro 3

homem-de-ferro-3
Quando Tony Stark tem sua vida pessoal destruída, embarca em uma angustiante busca para encontrar os responsáveis. Sem saída, Stark é deixado para sobreviver por conta própria, confiando em seus instintos para proteger aqueles mais próximos a ele. Enquanto busca o caminho de volta, ele descobre a resposta para a pergunta que secretamente o atormentava: o homem faz a armadura ou a armadura faz o homem?
Elenco: Robert Downey Jr., Ben Kingsley, Don Cheadle, Samuel L. Jackson, Gwyneth Paltrow, Jon Favreau, Guy Pearce, Rebecca Hall
Direção: Shane Black

2 Dias em Nova York

2-dias-em-nova-york
O jornalista e famoso apresentador de um programa de rádio Mingus e sua namorada francesa, a fotógrafa Marion, vivem confortavelmente num apartamento em Nova York com um gato e dois filhos de relacionamentos anteriores. Porém, quando o animado pai de Marion, sua irmã fogosa, juntamente com seu namorado ofensivo, aparecem sem avisar para uma visita internacional, começa uma confusão familiar que durará por dois dias inesquecíveis.
Elenco: Julie Delpy, Chris Rock, Albert Delpy
Direção: Julie Delpy

Um bom partido

Poster 1a Playing For Keeps.indd
George é um ex-jogador de futebol que, na tentativa de se aproximar do filho, passa a treinar a equipe juvenil na qual ele joga. Só que ele não consegue se manter afastado das mães dos colegas de seu filho, a quem vive dando em cima.
Elenco: Gerard Butler, Jessica Biel, Uma Thurman.
Direção: Gabriele Muccino

Depois de Maio

depois de maio
Região de Paris, início da década de 1970. Gilles é um jovem estudante imerso na atmosfera criativa e política da época. Como os seus colegas, ele está dividido entre o investimento radical na luta política e a realização de desejos pessoais. Entre descobertas amorosas e artísticas, sua busca o leva à Itália e ao Reino Unido, onde ele deverá tomar decisões essenciais ao resto de sua vida.
Elenco: Clément Métayer, Lola Creton, Félix Armand
Direção: Olivier Assayas

O Abismo Prateado

abismo
Violeta (Alessandra Negrini) é uma dentista casada e com um filho, que tem um dia normal de trabalho. Ao ouvir uma mensagem deixada na secretária do celular ela entra em desespero. A mensagem foi gravada por seu marido, Djalma (Otto Jr.), que disse que estava deixando-a e partindo para Porto Alegre. Ele pede para que Violeta não o siga, mas ela não segue o conselho e tenta viajar, o quanto antes, para a capital do Rio Grande do Sul.
Elenco: Alessandra Negrini, Milton Gonçalves, Thiago Martins
Direção: Karim Aïnouz

Doméstica

domestica
Durante uma semana, sete jovens se tornaram cineastas amadores e filmaram o cotidiano de suas empregadas domésticas. O material foi entregue ao diretor Gabriel Mascaro que compilou os momentos mais marcantes neste documentário.
Direção: Gabriel Mascaro

Margaret Mee e a Flor da Lua

Margaret
O trabalho e o legado da artista botânica inglesa Margaret Mee são apresentados neste documentário dirigido pela cineasta Malu De Martino. A britânica se mudou para o Brasil na década de 1950, produziu mais 400 ilustrações sobre a flora brasileira e, através da arte, defendeu a bandeira do ambientalismo.
Elenco: Margaret Mee
Direção: Malu de Martino

O Futuro

futuro
Sophie (Miranda July) e Jason (Hamish Linklater) são um casal de classe média, com empregos pouco satisfatórios, e que decidem ter a experiência de cuidar de um filho durante um tempo, por isso optam por adotar um gato em fase terminal. Diante da responsabilidade que a adoção de um ser vivo representa, eles se angustiam e começam a buscar possibilidade de escapismo. A partir daí, do amadurecimento forçado, a perspectiva de vida do casal muda radicalmente, o que colocará em prova a fé deles em si próprios e nos outros.
Elenco:  Miranda July, Hamish Linklater, David Warshofsky
Direção: Miranda July

Reality – A Grande Ilusão

reality
Luciano (Aniello Arena) é o dono de uma peixaria que faz vários bicos para manter sua família. Um dia, sua família passeia em um shopping center e descobre que lá estão fazendo testes para o Grande Fratello, a versão italiana do programa de TV Big Brother. Chamado via celular, Luciano vai ao local fazer um teste. Os produtores gostam dele e o chamam para um segundo teste. Empolgado com a chance de enfim melhorar de vida, Luciano dá como certo que estará na próxima seleção do programa. Só que o tempo passa e, sem nenhum comunicado da emissora de TV, ele fica cada vez mais paranoico.
Elenco:  Aniello Arena, Nando Paone, Claudia Gerini
Direção: Matteo Garrone

É isso ai galera, bom divertimento, Acompanhe mais novidades de cinema curtindo nossa página no facebook ;-D

imagem

Ou assistiu e foi ler, ou leu e foi assistir…

Ontem foi o dia do livro, e estava pensando nos filmes que a indústria cinematográfica já adaptou que fica até difícil de lembrar todos que assisti. Alguns ficaram bons, outros nem tanto. Em minha opinião certas histórias deveriam permanecer só no livro, mas na boa, nem estou a fim de ficar comentando esses filmes não, na realidade estava lembrando só dos filmes que a adaptação deu certo.

Então vamos lá… Para começar o ótimo O Senhor dos Anéis, sou fã confessa da obra e quando pude ver a históriade Tolkien no cinema fiquei maravilhada, foi um sonho realizado ver como Peter Jackson conseguiu nos transportar para a Terra Média.

E como não se lembrar de O Iluminado de  Stephen King nas mãos de Stanley Kubrick e a ótima atuação de Jack Nicholson, uma obra prima que ainda consegue deixar muita gente dormindo de luz acesa. E por falar em King, são tantos livros de Stephen King que já foram adaptados que é covardia citar só um, o clássico Pet Sematary que divide opiniões, mas que não nego que a risada do menininho Gage ainda me dá calafrios quando revejo o filme.

E o que falar de Harry Potter (livros e filmes) que acompanharam a infância e adolescência de muitos, para não citar os marmanjos, que se divertiram com essa empolgante história.

Para os românticos não faltam adaptações de Jane Austen (Orgulho e Preconceito, Razão e Sensibilidade), Nicholas Sparks (Diário de Uma Paixão, Um amor para Recorda e Um Porto Seguro que estreou recentemente), tem adaptações para todos os gostos, alguns que não posso deixar de citar como Drácula de Bram Stoker, O Silêncio dos Inocêntes, Trainspotting e O Conde de Monte Cristo e o Poderoso Chefão.

Os livros que mais fazem sucesso hoje em dia são os voltados para as adolescentes, e os estúdios não perdem tempo para adaptarem a “obra”, Crepúsculo que o diga que levaram legiões de fãs para o cinema, Jogos Vorazes e Percy Jackson.

Mas o que às vezes é frustrante são livros que levados para o cinema e que não rendem o esperado e para quem acompanhou ou gostou do primeiro livro fica a ver navios, pois a sequência “nunca” verá a luz, casos esses como Eragon (tudo bem, esse não fez tanta falta), A Bússola de Ouro ou até Desventuras em Série que provavelmente vou dessa pra melhor sem ver a continuação do filme.

Mas como minha curiosidade é maior, sempre que posso confiro a história do filme depois de lido o livro ou em alguns casos primeiro o filme para depois conferir a obra original…E assim sigo entre letras e telas ;-D

Anny

Acompanhe mais novidades de cinema curtindo nossa página no facebook;-D

ted-movie-photo1

Quando eu ouvi a respeito do filme Ted a impressão que tive era que que tinham feito um filme de extremo mau gosto. As pessoas diziam que não tinha graça por causa das piadas ruins que o filme oferece. Já outros comentários que ouvi era que o filme era rebuscado de críticas à sociedade.

Honestamente, quando assisti ao filme minha impressão foi nem que ele é de mau gosto e muito menos que é rebuscado de críticas.

O filme que assisti, com muitos palavrões e cenas sem censura que vão contra ao politicamente correto, é um filme muito divertido, cheio de cenas inusitadas. Uma espécie de “se beber não case” um pouco mais light.

Ted na verdade é aquele amigo louco que temos, que vive fazendo coisas surpreendentes e muito engraçadas. Normalmente acaba se ferrando em tudo que faz, mas sempre se diverte com isso. É incrível como esse perfil é comum, todos tem um amigo assim, se você não tem, cuidado, esse amigo pode ser você ;-P.

Indico esse filme pela originalidade dele, vale a pena assistir sem preconceitos, porque é muito divertido.

UAndre

 

 

Acompanhe mais novidades de cinema curtindo nossa página no facebook ;-D

Imagem

Quando fui assistir ao filme “A Morte do Demônio” minha expectativa era de que eu fosse surpreendido, claro, pelo medo. É o que se espera de qualquer filme de terror que assistimos, porém, o que não sabia era que seria impressionado tão competentemente da forma que fui, pois vejam, com exceção de uns 10 minutos perto do final que ele beira o drama, todo o tempo são cenas tensas e apavorantes, fazendo do filme show de terror em grande estilo.

A forma que filme foi produzido foi bem pensada, algumas cenas se tornarão memoráveis, como a de Mia, protagonista do filme, com uma serra-elétrica.

Na versão original do filme, de 1981, o protagonista é um homem, porém nesta versão, a protagonista passa ser uma mulher, o que deu um outro, digamos, charme para o filme, pois foi inusitado. Outras partes do filme são bem diferentes do original, o que na minha opinião é um agregador de valor, uma vez que assistir exatamente ao mesmo filme, seria bem chato.

Algumas vezes fazer outras versões do mesmo filme, podem ser um tiro pela culatra, como no caso do novo “Spider-man”, que ao meu ver, foi só para aproveitar um sucesso e ganhar dinheiro, e o filme não emplaca. Mas no caso, por exemplo de a “Fantástica Fábrica”, foi muito bom como também “A Morte do Demônio”.

Num geral, o filme é muito bom, contudo não é excepcional, pois de certa forma, é um típico filme de terror que mantém um formato padrão lógico de acontecimento dos fatos. Mas nada que deixe o filme desinteressante.

Por isso indico sem medo, ou com um pouco de medo…rs, para quem quiser ir levar uns sustos e curtir um filme sensacional, assistiam “A morte do demônio”, mas vá preparado, porque vai chover sangue…oO

Quem quiser saber mais sobre o filme, pode clicar no link e conferir trailer e sinopse do filme no site do Adoro Cinema.

Acompanhe mais novidades de cinema curtindo nossa página no facebook  ;-D

UAndre

Você já conhece nosso Top 5 ? 😉

E ai galera,

Pense um pouco sobre quanta desgraça você ouve por ai e me diga de quantas formas diferentes o mundo pode acabar???

Os diretores de uma porrada de filmes por ai fazem suas apostas, e nós trazemos para vocês o que a agente acha que tenha de mais legal para vocês assistirem…Então a sessão Desde Lumière, o nosso top 5 semanal,  vem com o tema Destruição do mundo que conhecemos e vamos aos Filmes… Se quiserem ver os Trailers, basta clicar na imagem ;-D

1 – O Dia Depois de Amanhã

dia depois de amanhã

2 – Procura-se um amigo para o fim do mundo

Filme-Procura-se-um-Amigo-para-o-Fim-do-Mundo-Estreia

3 – A máquina do tempo

maquinadotempo01

4 – Impacto Profundo

impacto_profundo

5 – Zumbilândia

zumbis

É isso ai Galera, esperamos que vocês tenham gostado da nossa seleção… se tiverem mais alguma sugestão, é só deixar nos comentários ;-D

A Morte do Demônio

  filme_apavorante    
Cinco amigos encontram o Livro dos Mortos, o que desperta uma força demoníaca que toma conta de cada um deles. Refilmagem de ´Uma Noite Alucinante – A Morte do Demônio´ (1981), dirigido por Sam Raimi e estrelado por Bruce Campbell.
Elenco: Jane Levy, Jessica Lucas, Shiloh Fernandez
Direção: Fede Alvarez
Gênero: Terror
Classificação: 18 Anos

Eu e Você

eu_vocÊ
Escondido no porão para passar suas férias de inverno, Lorenzo, um jovem de quatorze anos, introvertido e um pouco neurótico, está se preparando para viver seu grande sonho: nada de conflitos, nada de colegas chatos de classe, nada de falsidades. Será Olivia, que chega de repente no porão com sua agressiva vitalidade, a tirar Lorenzo de seu universo sombrio, para que ele tire a máscara de adolescente complicado e aceite o jogo caótico da vida.
Elenco: Tea Falco, Jacopo Olmo Antinori, Sonia Bergamasco
Direção: Bernardo Bertolucci
Gênero: Drama
Classificação: 12 Anos

Ginger e Rosa

ginger_rosa
Ginger e Rosa são duas melhores amigas, que vivem em Londres nos anos 1960, sonhando em ter uma vida melhor do que a dos pais. Mas quando começa a Guerra Fria, o relacionamento entre as duas sofre grandes mudanças.
Elenco: Elle Fanning, Alice Englert, Annette Bening
Direção: Sally Potter
Gênero: Drama
Classificação: 14 Anos

Meu pé de laranja lima

pe_laranja
Zezé é um garoto de 8 anos que, apesar de levado, tem um bom coração. Ele leva uma vida bem modesta, devido ao fato de que seu pai está desempregado há bastante tempo, e tem o costume de ter longas conversas com um pé de laranja lima que fica no quintal de sua casa. Até que, um dia, conhece Portuga, um senhor que passa a ajudá-lo e logo se torna seu melhor amigo.
Elenco: João Guilherme Ávila, José de Abreu, Caco Ciocler
Direção: Marcos Bernstein
Gênero: Drama
Classificação: 12 Anos

O Acordo

o acordo
O astro de filmes de ação The Rock está de volta na história de um pai cujo filho é sentenciado a 10 anos de cadeia por envolvimento com drogas. Para reduzir a sentença do garoto, o pai concorda em atuar infiltrado para derrubar um poderoso narcotraficante.
Elenco: Dwayne The Rock Johnson, Susan Sarandon, Jon Bernthal
Direção: Ric Roman Waugh
Gênero: Ação
Classificação: 14 Anos

Um porto seguro

porto_seguro
Quando uma misteriosa mulher chamada Katie se muda para a pequena cidade de Southport, Carolina do Sul, seus novos vizinhos começam a levantar questões sobre seu passado. Bela e discreta, ela evita qualquer tipo de laço pessoal com os outros habitantes até que conhece o charmoso Alex, e a sincera Jo, que se torna sua amiga. Katie começa a se interessar por Alex e se sente cada vez mais afeiçoada a ele e sua família.
Elenco: Julianne Hough, Josh Duhamel, Cobie Smulders
Direção: Lasse Hallström
Gênero: Romance
Classificação: 12 Anos

Uma Garrafa no Mar de Gaza

garrafa_gaza
Tal e Naïm nasceram em um terreno de terra queimada, onde os pais costumam enterrar seus filhos. Mas, levam vidas bem diferentes. Tal tem 17 anos, é judia e mora em Jerusalém. Naim tem 20 anos, é palestino e mora em Gaza. Apenas 60 milhas os separam em relação à distância, mas o histórico de guerra entre os povos complica. Uma garrafa jogada ao mar pode mudar a situação entre eles, trazendo forças para que suportem esta dura realidade.
Elenco: Agathe Bonitzer, Mahmud Shalaby, Hiam Abbass, Abraham Belaga, Jean-Philippe Écoffey
Direção: Thierry Binisti
Gênero: Drama
Classificação: 12 Anos

capitao

Você já se perguntou porque os nomes dos filmes são tão readaptados no Brasil? Isso não te incomoda?

Pois bem, muito se comentou sobre o nome do segundo longa do Capitão América no Brasil. O título foi para Capitão América: O Retorno do Primeiro Vingador. Criativo né? Só que não!

O resultado disso foi um buzz negativo, e não era para menos, o título original é “Captain America: The Winter Soldier“, ou seja O soldado Invernal. Mas parece que aqui no Brasil esse nome não é tão legal quanto o produtor do filme achou que seria.

A impressão que me dá é que quando algum filme vem para o Brasil eles fazem o possível para adaptar para nossa cultura, só que nem sempre queremos isso, o que queremos é originalidade, ou pelo menos é isso que imagino que todos queiram, me engano? Já acho ruim quando os próprios produtores mudam a história só para vender mais, quem dirá a ficarem mudando o nome do filme só para lançamentos regionais.

Mas sobre o título do filme ainda vai ter muita discussão, conforme o site CinePop a Marvel pediu para que seja usado o nome original até que um novo seja determinado.

Agora é só aguardar e torcer pelo nome Capitão América: O Soldado Invernal, que o estúdio atenda o pedido dos fãs de quadrinho e e sejam sensatos e mantenha como era conhecido o vilão nas HQ’s, mas aqui no Brasil… Tudo pode acontecer.

Anny